O feedback no treino pode assumir várias funções, dependendo do momento, do nível de aprendizagem, do tempo de empenhamento motor,etc. Não devemos utilizar constantemente o mesmo feedback, no entanto cada feedback deve ser utilizado no momento certo.

Não existe um feedback que está certo ou que está errado, mas sabe-se que para diferentes atletas exigem diferentes feedbacks, por isso o feedback poderá não depender do tipo de treino mas sim do atleta com que está à nossa frente.
Para determinado individuo o feedback positivo estimula e provoca melhor rendimento, para outro individuo torna-se maçador, por isso, o melhor mesmo é saber e conhecer a pessoa que está a nossa frente, para saber que feedback utilizar.

 

Bons treinos,

Pedro Pereira

Anúncios